sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Cada um de nós....

"É preciso amor pra poder pulsar"... por isto me sinto perdoada por te amar...
Perdoa a simplicidade desta confissão sincera: - As vezes, sinto uma saudade "que chega a doer nos ossos"...ela nasce no coração, e sem que eu ouse impedi-la, silenciosa caminha por meu corpo todo até que todo meu ser a consiga digerir. Se, por um lado fico triste já que não compreendo o sentido de certas coisas, por outro, esta dor tão concreta à qual me rendo de vez em quando, me faz perceber que ainda estou viva...
   Sinceramente, no entanto, desejaria comemorar a vida com o prazer dos sorrisos que imaginei para nós e com mil pequenos motivos que me fariam sentir abençoada por este sentimento!
  A vida, no entanto, segue por caminhos que não conhecemos. Quero crer que haverá um sentido maior para tudo- para os encontros, os desencontros, as despedidas, as saudades, o desejo de reencontrar o amor e a mansidão que se acomoda em nós quando percebemos que não podemos controlar todo o nosso destino. Amor é motivação. Dizem que nós, mulheres, amamos poder amar!
   De todo modo, se não conhecêssemos o amor, não sentiríamos saudades ou este tão grande desejo de o experimentar de novo... e de novo....

texto:vera alvarenga

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Sissy, sou uma incorrigível romântica..apaixonada por um sonho de amor...rs...Bjs e bom final de semana!

      Excluir

Seu comentário é bem vindo ! Obrigada

Compartilhe com...